CERTAJA apoia curso de Eletricista Rural

CERTAJA apoia curso de Eletricista Rural

De 5 a 8 de agosto aconteceu o curso de Eletricista Rural em Porto Batista, Triunfo. Onze cooperados participaram da atividade, que foi realizada no Piquete Laçadores do Fanfa. O presidente Renato Martins, acompanhado pelo gerente comercial Ederson Madruga e pelo coordenador do Projeto PIA, Jairo Aguiar, prestigiaram o encerramento do curso.Leia mais
Cooperada de Max Brum é contemplada no sorteio do seguro residencial

Cooperada de Max Brum é contemplada no sorteio do seguro residencial

A cooperada Maria Dalva Thiesen, da localidade Max Brum, em Rio Pardo, foi contemplada no sorteio do seguro residencial. Para comemorar, em 5 de agosto a Corretora Rep promoveu um almoço no Restaurante Kappel, em Passo do Sobrado, com a presença de Dona Maria, sua filha Maria Linck e seu genro Volmir Linck. A CERTAJA foi representada pelo gerente comercial Ederson Madruga, pelo coordenador do Projeto PIA, Jairo Aguiar e o conselheiro José Carvalho. Cesar Dione e Paula Branco,da Rep Seguros, também compareceram. “Fiquei muito feliz com o prêmio. Ele veio em boa hora e será muito bem aplicado. Agradeço muito a Cooperativa CERTAJA e a…Leia mais
Bandeira vermelha, patamar 1, no mês de agosto

Bandeira vermelha, patamar 1, no mês de agosto

A bandeira tarifária em agosto de 2019 será vermelha, patamar 1, com custo de R$ 4,00 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) em patamares condizentes com o da Bandeira Vermelha…Leia mais
Sindicato Rural de Triunfo homenageia 50 anos da CERTAJA

Sindicato Rural de Triunfo homenageia 50 anos da CERTAJA

O Sindicato Rural de Triunfo promoveu na tarde de 30 de julho um evento para seus associados, com o objetivo de homenagear a CERTAJA Energia pelo seu cinquentenário. O presidente Renato Martins, acompanhado por Ederson Madruga (gerente comercial) e Jairo Aguiar (coordenador do PIA), apresentaram um pouco da história da Cooperativa, os números financeiros e estatísticos, as obras já executadas, além das que serão realizadas em um futuro próximo. Os associados tiveram a oportunidade de tirar dúvidas com os representantes da Cooperativa, e, ao final, foi servido um coquetel para os todos.Leia mais
Em julho a bandeira tarifária é amarela

Em julho a bandeira tarifária é amarela

Será acionada em julho a bandeira amarela que representa custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumido A bandeira tarifária em julho de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Julho é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD)…Leia mais
Desafio cultural sobre cooperativismo une estudantes de três escolas

Desafio cultural sobre cooperativismo une estudantes de três escolas

Embalados por ideias para melhorar o mundo, jovens apresentaram atividades; Escola Anita Ferreira de Moraes alcançou o primeiro lugar Uma manhã repleta de bons sentimentos, ideias, cultura e diversão. Assim foi o encontro do Projeto Sementes do Cooperativismo em 18 de junho, na ACERTA, em Taquari. O desafio cultural proposto mobilizou os estudantes de três instituições após uma visita do Núcleo de Comunicação da CERTAJA, quando foi lançada a proposta para que cada uma delas produzisse e apresentasse atividades seguindo os quesitos de adequação ao tema cooperativismo e aos 50 anos da CERTAJA,…Leia mais
A bandeira tarifária de junho será verde

A bandeira tarifária de junho será verde

A bandeira tarifária em junho de 2019 será verde, sem custo para os consumidores. Embora junho seja um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), a previsão hidrológica para o mês superou as expectativas, indicando tendência de vazões acima da média histórica para o período, o que possibilita manutenção dos níveis dos principais reservatórios próximos à referência atual. Esse cenário favorável reduziu o preço da energia (PLD) para o seu patamar mínimo, o que diminui os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e à geração de…Leia mais
Projeto Sementes do Cooperativismo em Tabaí e Porto Batista

Projeto Sementes do Cooperativismo em Tabaí e Porto Batista

Em 16 de maio a equipe do Núcleo de Comunicação palestrou na escola Nelsa Pereira Braga, no Morro do Pedro Rosa, em Tabaí. Cerca de 80 pessoas compareceram. No dia 17 foi a vez da escola Jozué Machado dos Santos, da localidade de Porto Batista, em Triunfo, receber a equipe certajana. Um grupo de 104 pessoas acompanhou as reflexões.  Leia mais
CERTAJA apoia cursos em parceria com o SENAR e Sindicatos Rurais

CERTAJA apoia cursos em parceria com o SENAR e Sindicatos Rurais

Nos dias 8, 9 e 10 de maio, a comunidade de Vila Tabaí, em Tabaí, recebeu o curso de Panificação caseira. Onze cooperadas participaram da atividade, que teve como instrutora Denize Vogg, do SENAR.   De 13 a 15 de maio a comunidade de Barro Vermelho, em Triunfo, recebeu o curso Processamento de frutas. A atividade contou com a participação de 12 cooperadas e teve como instrutora Lourdes Sotilli.Leia mais
Bandeira tarifária em maio é amarela

Bandeira tarifária em maio é amarela

A bandeira tarifária em maio de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela. Diante da perspectiva de que as afluências aos principais reservatórios fiquem perto da média, o preço…Leia mais