A bandeira tarifária de junho será verde

A bandeira tarifária de junho será verde

A bandeira tarifária em junho de 2019 será verde, sem custo para os consumidores. Embora junho seja um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), a previsão hidrológica para o mês superou as expectativas, indicando tendência de vazões acima da média histórica para o período, o que possibilita manutenção dos níveis dos principais reservatórios próximos à referência atual. Esse cenário favorável reduziu o preço da energia (PLD) para o seu patamar mínimo, o que diminui os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e à geração de…Leia mais
Projeto Sementes do Cooperativismo em Tabaí e Porto Batista

Projeto Sementes do Cooperativismo em Tabaí e Porto Batista

Em 16 de maio a equipe do Núcleo de Comunicação palestrou na escola Nelsa Pereira Braga, no Morro do Pedro Rosa, em Tabaí. Cerca de 80 pessoas compareceram. No dia 17 foi a vez da escola Jozué Machado dos Santos, da localidade de Porto Batista, em Triunfo, receber a equipe certajana. Um grupo de 104 pessoas acompanhou as reflexões.  Leia mais
CERTAJA apoia cursos em parceria com o SENAR e Sindicatos Rurais

CERTAJA apoia cursos em parceria com o SENAR e Sindicatos Rurais

Nos dias 8, 9 e 10 de maio, a comunidade de Vila Tabaí, em Tabaí, recebeu o curso de Panificação caseira. Onze cooperadas participaram da atividade, que teve como instrutora Denize Vogg, do SENAR.   De 13 a 15 de maio a comunidade de Barro Vermelho, em Triunfo, recebeu o curso Processamento de frutas. A atividade contou com a participação de 12 cooperadas e teve como instrutora Lourdes Sotilli.Leia mais
Bandeira tarifária em maio é amarela

Bandeira tarifária em maio é amarela

A bandeira tarifária em maio de 2019 será amarela, com custo de R$ 1,00 para cada 100 quilowatts-hora consumido. Maio é o mês de início da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). Embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico (GSF) e motiva o acionamento da bandeira amarela. Diante da perspectiva de que as afluências aos principais reservatórios fiquem perto da média, o preço…Leia mais
CERTAJA inicia palestras e atividades do projeto Sementes do Cooperativismo 2019

CERTAJA inicia palestras e atividades do projeto Sementes do Cooperativismo 2019

Esta semana, o núcleo de comunicação iniciou o ciclo de palestras 2019 do projeto Sementes do Cooperativismo. As escolas que participarão do desafio cultural serão Anita Ferreira de Moraes (Faxinal do Silva Jorge, Bom Retiro do Sul), Gonçalves Dias (Vendinha, Triunfo) e Nossa Senhora da Saúde (Passo do Sobrado). No dia 23 de abril, cerca de 120 alunos da escola Gonçalves Dias assistiram a palestra e receberam as instruções para o desafio cultural que será apresentado em 18 de junho na ACERTA. Já no dia 24 de abril foi a vez da escola Anita Ferreira de Moraes, com cerca de…Leia mais
Assembleia Geral: CERTAJA Energia consolida saúde financeira ao completar 50 anos

Assembleia Geral: CERTAJA Energia consolida saúde financeira ao completar 50 anos

Patrimônio líquido cresceu, sobras foram reinvestidas e melhorias em redes garantem qualidade na distribuição de energia elétrica No ano em que completa seu cinquentenário, a CERTAJA Energia teve a maior Assembleia Geral Ordinária – AGO de sua história. Cerca de 300 pessoas compareceram ao encontro na manhã de 27 de março, na ACERTA, em Taquari. “Aqui está representado nosso universo de cerca de 25 mil cooperados. E queremos que essa representatividade cresça cada vez mais”, afirmou o presidente Renato Martins na abertura da análise da Prestação de Contas referente ao exercício de 2018.…Leia mais
INFRACOOP entrega documento contra a retirada dos descontos da tarifa rural

INFRACOOP entrega documento contra a retirada dos descontos da tarifa rural

O presidente da Cooperativa Coprel/RS e da Confederação Nacional das Cooperativas de Infraestrutura – Infracoop, Jânio Vital Stefanello, juntamente com os demais presidentes de cooperativas de eletrificação rural do Rio Grande do Sul, Santa Cantarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro estão mobilizados pela revogação do decreto nº 9.642, publicado ao final de 2018, pelo então presidente Michel Temer, que retira os descontos das tarifas de energia elétrica rural. O Sistema busca apoio junto aos parlamentares para revogar tal Decreto. Mais recentemente, em 11 de março, na abertura da…Leia mais
A bandeira tarifária para março será VERDE

A bandeira tarifária para março será VERDE

A bandeira tarifária para março de 2019 será VERDE, sem custo para os consumidores. Mesmo com a elevação do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) provocada pela diminuição das chuvas em janeiro, a estação chuvosa está em curso, propiciando elevação gradativa da produção de energia pelas usinas hidrelétricas e melhora do nível dos reservatórios, com a consequente recuperação do risco hidrológico (GSF). O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada. Criado pela ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o…Leia mais
AMPLIAÇÃO NA SUBESTAÇÃO II

AMPLIAÇÃO NA SUBESTAÇÃO II

Com o objetivo de aumentar a capacidade de fornecimento de energia, em 21 de janeiro foi iniciada a obra de expansão da subestação CERTAJA II, localizada em Taquari. As empresas Comtrafo (transformadores) e Tecnova (adequação civil, eletromecânica e elétrica) foram contratadas para a execução da obra, que tem previsão de término em março/19.Leia mais
AULA INAUGURAL – APRENDIZ NO CAMPO

AULA INAUGURAL – APRENDIZ NO CAMPO

Em 4 de fevereiro, na escola Nero de Freitas, no município de Vale Verde, aconteceu a aula inaugural da primeira turma do curso Aprendiz no Campo, fruto da parceria entre Ocergs-Sescoop, COEDUCARS, CERTAJA e com o apoio da Prefeitura Municipal. O Programa contará com mais de 1.104 horas de formação e é destinado para 16 estudantes entre 14 e 17 anos de idade. Dividido em módulos teóricos e práticos, será desenvolvido ao longo de 17 meses, com o objetivo de estimular a permanência dos jovens nas atividades do campo, promovendo a sucessão familiar profissionalizada, o…Leia mais