Casos não abrangidos pela Resolução Normativa nº 482/12, como centrais geradoras que desejam comercializar a energia gerada ou que possuam potência instalada superior a 3 MW para fontes hídricas ou 5 MW para outras fontes específicas, devem contatar a Cooperativa pelo e-mail comercialenergia@certaja.com.br.

Microgeradores e Minigeradores

A CERTAJA Energia atende a Resolução Normativa ANEEL nº 482/12 (atualizada pela Resolução Normativa ANEEL nº 687/2015), a qual estabelece as condições gerais para o acesso de geração distribuída aos sistemas de distribuição de energia elétrica, na forma de microgeração (até 75 kW) e minigeração (acima de 75kW), assim como regulamenta o processo de compensação de energia elétrica.

As exigências técnicas e comerciais adotadas pela CERTAJA para conexão na modalidade de Microgeração e Minigeração correspondem ao estabelecido na Resolução Normativa ANEEL nº 482/12 e no Módulo 3 dos Procedimentos de Distribuição (ver seção 3.7).

Dessa forma a CERTAJA permite que unidades consumidoras previamente cadastradas disponibilizem energia de fontes alternativas (hidráulica, solar, eólica, biomassa ou cogeração qualificada) por meio de empréstimo não remunerado à CERTAJA para compensação em até 60 meses na forma de consumo de energia elétrica ativa.

  • Para microgeração (até 75 kW) deve ser encaminhada solicitação de acesso.
  • Para minigeração (acima de 75kW) sugere-se a realização de consulta de acesso previamente a etapa de solicitação de acesso.

A CERTAJA disponibiliza equipe técnica e comercial para realização de esclarecimentos aos clientes e profissionais interessados, inclusive através de reuniões presenciais, que podem ser agendadas através do e-mail gd@certaja.com.br

Não é permitida a conexão de geração distribuída antes da vistoria e respectiva autorização da CERTAJA, sendo cabível a suspensão de acordo com Art. 170 da Resolução Normativa ANEEL nº 414/2010. Também cabe notificação ao responsável técnico com representação junto ao Conselho (CREA).

As informações sobre a geração devem ser organizadas de acordo com a potência instalada e apresentadas em documentos:

 

ATENÇÃO:

 Para aprovação de projeto de Geração Distribuída a CERTAJA Energia irá validar e exigir que o cadastro da Unidade Consumidora esteja de acordo com a atividade exercida na mesma.

Para validação de alteração de titularidade ou classe de consumo, deverá ser apresentado junto ao setor de atendimento documento disponível acima devidamente assinado.

Para validação da etapa vistoria, deve-se ser apresentado via e-mail junto a solicitação formulário padrão com dados de implantação da Usina devidamente assinado.

Para Unidades Consumidoras cujo seja o interesse alteração do tipo de fornecimento contratado atentar-se ao item 7.1.5 da OTD 035.01.08

Para solicitações de geração distribuída quando empresa e cliente optar pelo padrão policarbonato modelo individual deve-se obrigatoriamente utilizar o modelo polifásico que contem as medidas (33cmAx45cmBx20cmC) conforme anexo B do RIC de BT disponível em nosso site (abra aqui).

 

A CERTAJA orienta seus clientes sobre a importância de contratar profissionais qualificados para o projeto e a instalação da geração, bem como a aquisição de materiais e equipamentos certificados, sendo critério de reprova para todos os projetos que não atentem as informações contidas nesse site.

Todas as informações contidas no site são complementárias a OTD 035.01.08 – Requisitos técnicos para conexão de micro e minigeração.

Os documentos podem ser enviados em formato digital para gd@certaja.com.br e consultas de informações, atualizações cadastrais e solicitações de serviços podem ser realizados pelo canal Agência Virtual (Serviços Online).

Para mais informações sobre Geração Distribuída acesse o site da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL