HORÁRIO DE VERÃO

O governo está avaliando a conveniência ou não de adotar o horário de verão neste ano, de acordo com informação da Casa Civil da Presidência da República. Desde 2008, um decreto presidencial estabelece as datas para o início e término do programa de economia de energia. A última edição foi de 16 de outubro de 2016 a 19 de fevereiro de 2017. No período, a economia foi de R$ 159,5 milhões, decorrentes da redução do uso de usinas termelétricas para complementar a geração de energia. O valor ficou abaixo do verificado na edição anterior (2015/2016), quando foram poupados R$ 162 milhões. A economia reflete o maior uso de iluminação natural neste período, quando os relógios são adiantados em uma hora nos Estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. A alteração vigora nos Estados do Norte e Nordeste. O horário de verão vem perdendo importância. Nos últimos anos, o horário de pico no consumo de energia se deslocou do início da noite para o início da tarde, principalmente no verão, quando um maior número de aparelhos de ar condicionado está em operação. O programa foi instituído pela primeira vez no Brasil no verão de 1931/1932 e vem sendo adotado continuadamente desde 1985.

Fonte: Folha de S. Paulo – 21/09


BOM MOTORISTA MÊS AGOSTO

Confira o relatório completo do mês de agosto em  S/public/veículos_public/relatório bom motorista/bom motorista 2017.

Nome motorista Setor Score médio Total eventos Km rodado
GIOVANNI LUIS EMMEL ENGENHARIA 2710,0 0,0 2710
PAULO RICARDO GONÇALVES DA SILVA VEÍCULOS 2410,0 0,0 2410
OLDAIR SANTIN PLANTÕES 2387,0 1,0 2387
ISMAEL DE OLIVEIRA PROJETOS 2356,0 0,0 2356
JOSE VICENTE DA ROSA CARVALHO SMF 2189,0 1,0 2189
FLÁVIO DOS SANTOS SILVA PLANTÕES 2061,0 1,0 2061
JORGE LUIS DE OLIVEIRA SESMA AMBIENTAL 1891,5 2,0 3783
WAGNER DE ASSIS CARNEIRO PLANTÕES 1885,0 0,0 1885
GEOVANE FISCHER PLANTÕES 1836,0 0,0 1836
CRISTIANO SILVA DA COSTA PROJETOS 1788,0 1,0 1788

 


KIT COOPERADO

Esta semana, o setor Comercial da CERTAJA Energia passou a distribuir o Estatuto Social da Cooperativa para os novos cooperados. Ele contém diversas informações, como, por exemplo, direitos, deveres e benefícios do cooperado, entre outras. A ação faz parte do plano Relacionamento estreito entre CERTAJA, cooperado, colaborador, do Planejamento Estratégico da CERTAJA Energia. Nas reuniões do PIA o kit também será entregue. Sua versão online encontra-se em http://www.certaja.com.br/energia/estatuto-social/.


PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO CERTAJA DESENVOLVIMENTO 

Por solicitação do Conselho de Administração, na manhã de 14 de setembro, foi realizada a continuação do planejamento estratégico da CERTAJA Desenvolvimento, onde todos os gestores participaram. O Gerente de Fomento, Luis Granja, apresentou a Agroveterinária: sua história, estrutura atual, organograma, evolução do faturamento desde 2008 (quando houve a separação das cooperativas) principais produtos e culturas atendidas. Encerrou sua fala com a apresentação da matriz FOFA (forças, oportunidades, fraquezas e ameaças). Nas reuniões dos meses anteriores (julho e agosto) a Agroindústria e o Serviços Elétricos fizeram suas apresentações, com a mesma temática. Nas próximas reuniões, o grupo de gestores iniciará a organização dos planos de ação a curto prazo, com o objetivo de promover melhorias na produtividade de todos os setores da Cooperativa.


NOVO SITE CERTAJA DESENVOLVIMENTO

Você sabia que o site da CERTAJA Desenvolvimento está de cara nova? Um dos grandes atrativos de nossa página é o formato que se ajusta a qualquer tamanho de tela (mobile, tablet e celular). A novidade já está disponível no mesmo endereço: http://www.certaja.com.br/desenvolvimento/. O trabalho de inovação foi desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação (TI) da Cooperativa, especialmente pelo colega Tiago Oliveira.


HOJE INICIA A PESQUISA IASC, DA ANEEL

No período de 18 de agosto a 1º de novembro de 2017 a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – conduzirá uma pesquisa para apuração do Índice ANEEL de Satisfação do Consumidor de Energia Elétrica – IASC 2017, nos municípios de Taquari, Triunfo, Montenegro, Vale Verde e Barão do Triunfo. Cento e cinquenta cooperados participarão.  A CERTAJA está orientando os cooperados que receberem a visita dos pesquisadores que verifiquem sua identificação e respondam atentamente ao questionário, garantindo assim a veracidade das informações. Em caso de dúvidas, deverão contatar com a Cooperativa pelo telefone 0800 541 6185. No ano passado a CERTAJA foi considerada a melhor permissionária brasileira de distribuição de energia na categoria Maior Crescimento 2016.


APLICATIVO

O colega Marcos Andrade, do setor Comercial de Energia, tomou a iniciativa de criar uma facilidade para quem trabalha a campo. Ele utilizou ferramentas já existentes como KML/KMZ e personalizou-as, trazendo vantagens como atendimento mais rápido, facilitar a localização e maior produtividade, diminuindo perda de tempo procurando locais. De acordo com Marcos, o aplicativo tem registrado todos os transformadores da CERTAJA mapeados no celular. Assim, quando alguém faz um serviço, basta digitar o número do transformador e surge a rota para a posição exata. Isso gera mais eficiência, fazendo com que os trabalhadores não percam tempo e gastem combustível procurando os locais. Além disso, quando há um funcionário novo, ou que não conhece as redes o suficiente e sai a campo, este não se perde mais. “Isso torna qualquer pessoa apta a sair sem se preocupar de se perder na nossa rede. Quando há emergência e um plantão de uma localidade X vai para uma localidade Y, não é necessário conhecer a rede da localidade Y, pois quando recebe a tarefa procura o transformador no aplicativo e sabe onde tem que ir. ” Nesse caso de emergência o próprio COD é beneficiado, evitando receber ligações desnecessárias.


BOM MOTORISTA MÊS JULHO

Conforme já divulgado, no Planejamento Estratégico da CERTAJA Energia existe um indicador que divulga o resultado de desempenho dos motoristas referente ao rastreador de veículos. O indicador Bom Motorista verifica a quantidade média de km que um motorista percorre sem cometer uma infração do sistema de telemetria. Confira o relatório completo do mês de julho em S/public/veículos_public/relatório bom motorista/bom motorista 2017.

Nome motorista Setor Score médio Total eventos Km rodado
ADROALDO DA SILVA GOMES SMF 1831,0 2,0 3662
VALMIR MAUSOLFF PLANTÕES 1820,0 1,0 1820
PAULO RICARDO GONÇALVES DA SILVA VEÍCULOS 1782,0 1,0 1782
FLÁVIO DOS SANTOS SILVA PLANTÕES 1749,0 0,0 1749
ALEX FABIANO SOUZA DA COSTA PLANTÕES 1628,0 0,0 1628
OSMAR SILVA DOS SANTOS PLANTÕES 1600,0 1,0 1600
CRISTIANO SILVA DA COSTA PROJETOS 1553,0 1,0 1553
RODRIGO DO AMARAL VARGAS PROJETOS 1539,0 1,0 1539
ISMAEL DE OLIVEIRA PROJETOS 1529,0 0,0 1529
AIRTON GUSTAVO RODRIGUES PLANTÕES 1507,0 0,0 1507

 



BOM MOTORISTA 

No Planejamento Estratégico da CERTAJA Energia existe um indicador que divulga o resultado de desempenho dos motoristas referente ao rastreador de veículos. O indicador Bom Motorista verifica a quantidade média de km que um motorista percorre sem cometer uma infração do sistema de telemetria. Confira o relatório completo em S/public/veículos_public/relatório bom motorista/bom motorista 2017.

NOME DO MOTORISTA SETOR SCORE MÉDIO TOTAL EVENTOS KM RODADO
JORGE LUIS DE OLIVEIRA SESMA AMBIENTAL 2979,0 0,0 2979
ROSMI DOS SANTOS ALEXANDRE FISCALIZAÇÃO 2822,0 1,0 2822
ALEX FABIANO SOUZA DA COSTA PLANTÕES 2494,0 0,0 2494
JOSE VICENTE DA ROSA CARVALHO SMF 1997,0 0,0 1997
ADRIANO DA COSTA ROSA PLANTÕES 1904,0 1,0 1904
OLDAIR SANTIN PLANTÕES 1829,0 0,0 1829
GEOVANE FISCHER PLANTÕES 1822,0 0,0 1822
KELVI LUZ DE ARAUJO PLANTÕES 1809,0 0,0 1809
GIOVANNI LUIS EMMEL ENGENHARIA 1802,0 0,0 1802
ADROALDO DA SILVA GOMES SMF 1619,0 1,0 1619

 



ANEEL ABRE AUDIÊNCIA PÚBLICA QUE TRATA DAS PERMISSIONÁRIAS

Como as permissionárias têm menos consumidores por km² do que as concessionárias e, consequentemente vendem menos kWh por km² do que estas, os custos médios de operação e manutenção das permissionárias são mais altos, o que resulta em tarifas também maiores. O objetivo da Audiência Pública é obter subsídios que permitam definir uma metodologia para calcular qual o custo adicional decorrente desta menor densidade de carga, de forma a determinar uma subvenção a ser concedida às permissionárias, para que seus consumidores paguem pela energia o mesmo valor que pagariam se estivessem numa distribuidora com maior densidade de carga. No setor elétrico esta é vista como uma alternativa para compensar as permissionárias da perda dos descontos nos preços da energia comprada das supridoras para revenda.  No caso da CERTAJA Energia, a expectativa é que o resultado desta audiência permita reduzir as tarifas em relação às que teríamos que praticar em decorrência da retirada dos descontos.



PROM SEGURANÇA

Foi aprovado pelo Comitê Gestor da CERTAJA Energia uma mudança no Índice de Segurança para o PROM do segundo semestre. A partir do mês de julho, o indicador continuará sendo apurado da mesma forma, com meta de acidentes 0 (zero), porém somente serão contabilizados para fins de PROM acidentes com afastamento superior a 15 dias.

Para o 1° semestre todo acidente típico com afastamento será computado. Sendo assim, a regra permanecerá a mesma para o 1º semestre e a mudança valerá a partir do mês de julho. Em caso de dúvidas, contate com o SESMA ou com João Ederson.